terça-feira, 10 de setembro de 2013

Salpicão de frango





INGREDIENTES

1 frango assado pequeno desfiado
100 g de passas sem semente
2 talos de salsão picados
1 maçã cortada em pequenos quadradinhos
suco de 1 limão
2 xícaras de molho de maionese
1 pote de iogurte natural
manjericão

MODO DE PREPARO

Desfie o frango assado
Junte as passas, o salsão picado e a maçã regada com suco de limão para não escurecer
Junte o iogurte à maionese e tempere com manjericão
Misture tudo e ponha um ramo de salsinha para enfeitar


Fonte: TudoGostoso

Arroz à Grega





INGREDIENTES

3 xícaras de arroz
6 xícaras de água
1 caixa de passas
Queijo parmesão ralado
5 colheres de ervilha
Manteiga
Óleo
Pimentão, cebola, salsa, cebolinha verde e cenoura
Sal

MODO DE PREPARO
Leve uma panela ao fogo com água, sal e um pouco de óleo
Quando a água ferver, coloque o arroz lavado e escorrido
Mexa o suficiente, diminua o fogo e deixe a água secar
Aí, então, retire o arroz do fogo, tampe bem e deixe por mais algum tempo até ficar completamente pronto
À parte, leve uma caçarola ao fogo com a manteiga e aí frite as passas e as ervilhas
Jogue, em seguida, em uma travessa grande
Junte a cebolinha verde, a cenoura, o pimentão, a cebola - cortados em pequenos pedaços - a salsa e o parmesão
Junte, por fim, o arroz cozido, misturando tudo cuidadosamente


Rendimento
6 porções


Fonte: TudoGostoso

sábado, 7 de setembro de 2013

Como fazer uma caipirinha sem deixar o gosto amargo



Em todo o tipo de pesquisa que se faça entre barmens do mundo inteiro, a brasileiríssima caipirinha figura sempre pelo menos entre os oito drinks mais conhecidos e consumidos do planeta. Coisa boa e merecida, não?

Tanto mais perfeito é um coquetel quanto menos componentes entram em sua combinação. Esse é um dos critérios de avaliação. Daí vem o sucesso da caipirinha, composta basicamente de cachaça, limão, açúcar e gelo.

Enfim, a receita todo mundo conhece, mas há alguns truquezinhos que podem deixá-la muito mais saborosa. Vamos a eles, então?

Caipirinha só amarga quando não é bem feita

Recomenda-se o uso da cachaça branca e neutra, de safra recente. Os extratos das madeiras dos tonéis costumam alterar bastante o paladar durante o processo de amaciamento ou envelhecimento da aguardente. Por isso, o pessoal diz que caipira boa se faz com cachaça verde. Mas essa é uma questão de gosto.

O limão deve ser aquele verde de casca fininha e lisa. As chamadas tampas da fruta devem ser retiradas – a superior, onde se prende o talo, e o biquinho inferior. Essa partes costumam amargar a bebida. O mesmo ocorre com o miolo ou bucha, aquela fibra clarinha bem no meio do eixo principal do fruto.

Os pedaços não podem ser espremidos com muita força. Nem se deve girar o espremedor para macerar a casca em demasia. Isso libera um aldeído chamado lemoneno que compõe a oleosidade da casca e libera um amargor danado. Lembre-se: o objetivo é apenas o sumo.

Na hora de chacoalhar não se deve ultrapassar 10 movimentos rápidos e firmes. Ficar balançado demais a coqueteleira também faz o limão amargar. Não é legal, mesmo!

Caipirinha bem feita é aquela em que o limão fica boiando na superfície. Se afundar é porque o limão não é fresco, foi cortado com muita antecedência, utilizou-se uma aguardente de má qualidade ou foi feita no sopapo, de qualquer maneira, sem capricho.

Outro macete é substituir o açúcar por adoçante. O resultado é excelente. O açúcar potencializa a ação do álcool sobre o organismo e deixa qualquer um chapado rapidinho.

O grande pulo do gato que ninguém conhece

E agora o toque de midas para eliminar o excesso de acidez na sua bela caipirinha: ela já está preparada e só falta chacoalhar para servir, certo?

Pois bem, você vai adicionar duas ou três gotinhas – e não mais do que isso, hein! – de angostura, que é um tipo de bitter feito à base de raiz da violeta genciana e outras ervas muito amargas. Aromático e muito concentrado, usa-se apenas em gotas, no preparo de coquetéis e, por isso, uma garrafinha deve estar sempre à disposição.

Se você tiver dificuldades em encontrar, a angostura pode ser substituída razoavelmente bem pelo Fernet ou pelo Underberg. Curiosamente, o amargo do bitter anula o amargor do limão e a caipirinha fica super balanceada. Esse é o chamado pulo do gato, que quase ninguém conhece, mas que faz toda a diferença do mundo.


Fonte: Matéria Incógnita

Flan de Laranja com Calda Silvestre




















INGREDIENTES

1 lata de Leite MOÇA® Tradicional
1 medida e meia (da lata) de suco de laranja
1 envelope de gelatina em pó sem sabor (12g)
2 xícaras (chá) de frutas vermelhas congeladas
meia xícara (chá) de açúcar
óleo para untar


MODO DE PREPARO

Dissolva a gelatina em cinco colheres (sopa) de água e leve ao fogo, em banho-maria, para derreter. Coloque no liquidificador, junte o suco, o LEITE MOÇA® e bata bem. Despeje em uma fôrma com furo central (19 cm de diâmetro) untada com óleo e leve à geladeira por cerca de 4 horas. Em uma panela coloque as frutas, o açúcar e uma xícara (chá) de água e leve para ferver e apurar. Sirva depois de frio sobre o flan desenformado.

DICA:
Substitua as frutas vermelhas por 1 xícara (chá) de geléia de framboesa aquecida com 1 xícara (chá) de água.

Sobre a receita
Rendimento: 8 porções
Tempo de Preparo: 30 min.
Tempo Total de Preparo: 270 min.
Nível de Dificuldade: Fácil
Custo: $ - Baixo


Fonte: Nestlé Receitas

domingo, 5 de agosto de 2012

GRUBSTER - 30% DE DESCONTO EM TODO CARDÁPIO, PARA TODOS NA MESA!


GRUBSTER é um clube exclusivo, que oferece desconto de 30%, incluindo comida e bebida, na conta dos restaurantes mais disputados de São Paulo.

Com o GRUBSTER, os usuários têm acesso a uma lista seleta de restaurantes, podem fazer suas reservar online e desfrutar o desconto de 30% aplicado discretamente na conta ao final da refeição.
CONHEÇA ALGUNS DOS NOSSOS RESTAURANTES

EM SÃO PAULO:


NO RIO DE JANEIRO:


EM BRASÍLIA:

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Sequilhos













Sequilhos

Ingredientes

1 lata de Leite MOÇA® Tradicional
2 ovos
5 colheres (sopa) de manteiga , em temperatura ambiente (65g)
1 colher (chá) de sal
meia colher (chá) de essência de baunilha
2 colheres (sopa) de fermento químico em pó
5 xícaras (chá) de amido de milho , aproximadamente (575g)


Modo de Preparo

Em uma tigela, misture bem o Leite MOÇA com os ovos, a manteiga, o sal, a essência de baunilha e o fermento. Junte aos poucos o amido de milho, mexendo até obter a consistência de enrolar. Faça bolinhas, coloque-as em uma assadeira untadada bem separadas, deixando uma distância de cerca de 2 cm entre elas, e achate-as ligeiramente com um garfo. Asse em forno médio-alto (200°C), preaquecido, por cerca de 15 minutos. Sirva.


Dicas:
- Se desejar, substitua o amido de milho pela mesma quantidade de araruta.
- Se desejar, substitua 1 xícara (chá) de amido de milho por 100g de coco seco ralado.
- Esta massa se conserva bem em geladeira até o dia seguinte. Se desejar, após frios, coloque-os em um pote com tampa.


Sobre a receita
Rendimento: 100 sequilhos
Categoria da Receita: Brunch/Lanche
Tipo de Prato: Massas Doces
Tempo de Preparo: 15 min.
Tempo Total de Preparo: 30 min.
Nível de Dificuldade: Fácil
Custo: $ - Baixo

Bolo Prestígio de Festa












Bolo Prestígio de Festa

Ingredientes

Creme
3 claras
meia xícara (chá) de açúcar
1 lata de Creme de Leite NESTLÉ®
2 xícaras (chá) de coco em flocos seco

Massa
meia xícara (chá) de manteiga
1 xícara e meia (chá) de açúcar
6 ovos
meia xícara (chá) de leite
1 xícara e meia (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de Chocolate em Pó DOIS FRADES®
meia colher (sopa) de fermento químico em pó
manteiga para untar
farinha de trigo para polvilhar

Cobertura
1 lata de Creme de Leite NESTLÉ®
1 tablete de NESTLÉ CLASSIC® Meio Amargo picado

Montagem
meia xícara (chá) de leite
2 colheres (sopa) de leite de coco
coco ralado para decorar
raspas de chocolate para decorar


Modo de Preparo

Creme:
Em uma panela, misture as claras com o açúcar e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, para aquecer (cerca de 3 minutos), sem deixar ferver. Retire do fogo e transfira ainda quente para uma batedeira, batendo até que a tigela da batedeira esfrie e forme um merengue. Junte o Creme de Leite, o coco e misture delicadamente. Cubra com filme plástico e leve à geladeira até o momento de rechear o bolo.

Massa:
Em uma batedeira, coloque a manteiga e o açúcar e bata até formar uma mistura esbranquiçada. Junte as gemas, uma a uma, sem parar de bater até obter um creme homogêneo. Adicione a farinha de trigo e o Chocolate em Pó, aos poucos, intercalando com o leite e misture. Por último, junte o fermento e as claras batidas em neve, misturando delicadamente. Despeje em uma forma redonda (28 cm de diâmetro), untada e polvilhada e leve para assar em forno médio (180°C), pré-aquecido, por cerca de 30 minutos. Desenforme o bolo ainda quente e reserve.

Cobertura:
Em um recipiente, junte o Creme de Leite e o Chocolate Meio Amargo e leve ao fogo, em banho-maria, mexendo sempre até formar um creme liso e homogêneo. Retire do fogo e reserve.

Montagem:
Corte o bolo já frio em três partes, no sentido horizontal. Forre uma forma redonda (28 cm de diâmetro) com filme plástico, coloque uma das partes do bolo e umedeça com o leite misturado com o leite de coco. Espalhe metade do creme de coco, cubra com outra parte de bolo e volte a umedecer. Coloque o restante do creme e termine com a última camada de bolo. Cubra com filme plástico e leve para gelar por cerca de 3 horas. Desenforme o bolo sobre um prato de servir, espalhe a cobertura, decore com fitas de coco fresco e sirva a seguir.


Sobre a receita

Rendimento: 20 porções
Categoria da Receita: Brunch/Lanche
Tipo de Prato: Bolos e Tortas
Tempo de Preparo: 60 min.
Tempo Total de Preparo: 90 min.
Nível de Dificuldade: Fácil
Custo: $ - Baixo